Plano de parto: você sabe o que é e como montar o seu?

Você provavelmente já ouviu falar em plano de parto e protagonismo feminino na hora do parto, certo? Mas, você sabe exatamente o que significam esses temas, que têm se tornado cada vez mais comuns em rodas de gestantes?

Nada disso é novo, mas nos últimos anos entraram na pauta dos principais assuntos dentro do universo materno.

O real significado desses termos é permitir que a mulher tenha autonomia para tomar as decisões em relação aos procedimentos que deverão ser feitos com ela e com o bebê, durante esse momento tão importante em sua vida.

E é nesse ponto que entra o plano de parto, um documento criado com o objetivo de dar voz à mãe, para que ela expresse todos os seus desejos e expectativas para esse dia tão especial, de nascimento do seu filho ou filha.

Plano de Parto: o que é?

O plano de parto é uma lista que você faz detalhando todas as escolhas para o momento do seu parto.

Esse documento deve ser feito por escrito e é indicado que contenha todos os cuidados médicos e hospitalares que envolverão os momentos que antecedem o parto, durante e o pós parto, assim como os primeiros cuidados com o bebê recém-nascido.

A intenção por trás do plano de parto é comunicar para a equipe médica que irá lhe acompanhar nesse momento tão especial, tudo o que você deseja que aconteça e também as coisas que você não quer.

A própria Organização Mundial da Saúde defende que as mulheres construam os seus planos de parto. A intenção é que o parto transcorra de forma mais humanizada possível, não importando se a via escolhida por você seja a normal ou a cesárea. Nos dois casos você pode fazer um planejamento contendo as suas escolhas.

Quando elaborar o plano de parto?

O plano de parto deve ser escrito por volta da 30a. semana. A ideia é que nesse momento, grande parte das suas dúvidas sobre parto e primeiros cuidados com o bebê na maternidade já tenham sido esclarecidas, com a ajuda do seu obstetra.

Quem tem acesso ao seu plano de parto?

É importante que você, durante a consulta de pré natal, converse com o seu obstetra sobre o plano de parto e as suas escolhas. A função do médico, nesse caso, não é seguir cegamente as sua orientações, mas compreender os seus desejos e expectativas, para atendê-los quando for possível.

Tenha em mente que, em alguns casos, pode haver a necessidade do médico ter de fazer intervenções diferentes daquelas que você tinha imaginado e, nesse momento, ele é a autoridade competente para fazer as melhores escolhas. É fundamental, para a sua tranquilidade, que exista essa confiança no profissional que está lhe acompanhando.

Além do seu obstetra, imprima mais duas vias do seu plano de parto, que deverão ser entregues no hospital, aos cuidados do pediatra, e da equipe de enfermaria.

O que deve conter no plano de parto?

Você deve pensar que o seu plano de parto deve contemplar três momentos fundamentais: antes do parto, durante o parto e após o parto. Lembre-se de que esse último deve incluir cuidados com você e com o bebê.

Recomendamos que você faça esse plano ao lado da pessoa que irá lhe acompanhar no hospital, que pode ser o pai do bebê ou outra pessoa que você escolher. Se você tiver uma doula, compartilhe também com ela.

Para ajudar você a lembrar de tudo, preparamos algumas perguntinhas que poderão lhe guiar na montagem do seu plano.

Lembrando que aqui não existe certo, nem errado. É a sua experiência de parto, o seu momento. E, desde que não ofereça nenhum risco à sua saúde e a do bebê, deverá ser respeitado.

Antes do Parto

  • Quem você quer que esteja com você durante esse momento?
  • Você permite que seja feita a tricotomia (raspagem dos pelos pubianos)?
  • Você permite que seja feito o enema (lavagem intestinal)?

Durante o trabalho de Parto

  • Deseja ficar livre para poder caminhar durante o trabalho de parto?
  • Quais posições você deseja ficar? Gostaria que o médico recomende posturas que poderão aliviar as dores?
  • Deseja usar banheira e chuveiro durante o trabalho de parto?
  • Deseja fazer uso de analgésicos para aliviar as dores?
  • Qual o clima que você deseja que esteja a sala de parto (pense em relação às luzes, temperatura, tranquilidade, quantidade de pessoas na sala, etc)? Lembre-se de que você está preparando o clima para a chegada do seu bebê ao mundo!
  • Você permite que seja realizada a episiotomia como uma intervenção de rotina ou somente se for necessário?

Após o parto

  • Deseja que o bebê seja colocado imediatamente em contato com você para mamar?
  • Quem deverá cortar o cordão umbilical?
  • Deseja que seja aguardado que a placenta saia naturalmente?
  • Em caso de cesárea
  • Quem você deseja que esteja com você na sala de parto?
  • Deseja que o pano seja baixado no momento da saída do bebê?
  • Qual o clima que você deseja que esteja a sala de parto (pense em relação às luzes, temperatura)?
  • Deseja que o bebê seja colocado imediatamente em contato com você para mamar?
  • Quem deverá cortar o cordão umbilical?

Cuidados com o bebê

  • Permite que seja administrado nitrato de prata como procedimento de rotina ou apenas se necessário?
  • Deseja amamentar em livre demanda?
  • Permite que seja oferecido ao bebê água glicosada, fórmula, bicos ou qualquer coisa sem a sua anuência prévia?
  • Deseja ficar em alojamento conjunto com o bebê?
  • Deseja fazer as trocas de fraldas ou estas podem ser feitas na enfermaria?
  • Desejar dar o primeiro banho ou este pode ser dado na enfermaria?

Respondendo essas perguntas, ficará mais fácil prever tudo o que deseja para essa data única. Se ainda tiver dúvidas sobre o plano de parto, comenta aqui embaixo.

Confira também outros artigos sobre o universo da gravidez em nosso Blog.

A bela fotografia que ilustra este artigo é de Vidal Balielo Jr.

Compartilhe

Facebook Whatsapp Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ei, temos um plano gratuito para você!

Clique no link abaixo e comece agora.