As coisas que ninguém te conta sobre a amamentação

 

As coisas que ninguém te conta sobre a amamentação

Quem pensa que a amamentação é fácil, está redondamente enganado.

Parece algo simples, óbvio, da natureza humana, bem fisiológico e instintivo, mas muitas mães passam por dificuldades porque pode ser muito doloroso, além de ser um período cheio de dúvidas.

Mas vale a pena tentar!

E lembre-se: não existe alimento melhor para um bebê do que o leite materno, em todos os sentidos!

Dor

O começo dói muuuito! Algumas mães desistem da amamentação nos primeiros dias, mas tente ser firme! Se conseguir ultrapassar essa fase inicial, verá que existe muito prazer em amamentar.

Entretanto, se apesar de todos os esforços, a amamentação não der certo, fazer o quê? Amargurar essa incapacidade o resto da vida? Claro que não! Seu filho vai sobreviver e vai te amar da mesma forma.

Disponibilidade

A amamentação é um laço maravilhoso entre a mãe e o filho, mas é importante saber que terá que estar muito disponível para ele, pois a amamentação normalmente acontece de 3 em 3 horas. Isso limita muito a programação do dia a dia, impedindo programas mais longos!

Por isso, a licença maternidade é extremamente necessária, pois o dia a dia de uma recém-mamãe gira em torno das horas das mamadas!

A posição certa é a mais confortável

Ao escolher a melhor posição, é importante observar que a criança esteja bem de frente para o corpo da mãe, com o corpo e a cabeça alinhados. O queixo do bebê deve ficar encostado na mama, e o nariz, afastado.

Hidratação

Amamentar dá muuuuita sede e é de extrema importância que a mãe beba muita água para que seu corpo possa produzir leite de forma equilibrada!

Não existe leite fraco

O leite produzido pelo corpo da mãe é ideal para o bebê, sendo que cada mulher produz leite com pequenas diferenças. É importante saber que, durante a amamentação, a quantidade de gordura do leite vai aumentando. Assim, se o bebê não tomar o leite da etapa final, que tem mais gordura, pode sentir fome logo em seguida. Ou seja: não se trata de um leite fraco, e sim de uma mamada menos efetiva.

A “mamada” é um longo processo

O tempo da mamada não se resume apenas ao bebê  mamar, mas sim a todo o processo de fazer o bebê “arrotar” e também a troca de fralda. Com isso, a “mamada” ocupa bastante tempo do dia e da noite!

Tempo ideal para o bebê mamar

Não existe regra! Marcar no relógio quanto tempo o bebê mamou é um erro terrível.

Duas coisas são muito importantes para o sucesso da amamentação: a pega correta e deixar o bebê chegar até o final da mamada para atingir a etapa do leite mais gorduroso. Com o tempo vocês se entenderão!

Bombinha para tirar leite não é fácil

Tirar o leite para deixá-lo armazenado é muito chato e também demanda tempo e paciência, pois encher uma mamadeira demora muuuuito ! Mas é, sim, uma excelente opção para quando a mãe estiver longe do bebê!

Para saber mais sobre as “bombinhas”, clique nos links abaixo:

https://brasil.babycenter.com/a5201518/compras-bombinha-tira-leite

https://mamaetagarela.com/bomba-tira-leite-texto-mais-completo-que-voce-ja-viu/

Queda de cabelo

Não se assuste quando isso começar a acontecer, pois é super comum! A queda se inicia por volta do segundo/terceiro mês!

Cólicas

Muitos médicos dizem que é necessário uma restrição alimentar para o leite não causar cólicas no bebê, mas a verdade é que você só vai saber na tentativa e no erro o que realmente deve evitar na dieta! O chocolate é sempre um grande vilão (dizem que causa muita cólica nos bebês).

Amamentar nem sempre emagrece

Está aí um mito que muitas mães acreditam, mas nem sempre acontece! Existem mães que até engordam durante a amamentação, pois dá muuuita fome! Portanto atente-se a isso e tome cuidado para não enfiar o “pé na jaca” durante este período!

O tamanho do seio não interfere na quantidade de leite

O que determina o tamanho do seio é a quantidade de células de gordura e não o número de glândulas mamárias. Ou seja, seios grandes não significam mais leite e nem seios pequenos são sinal de pouca produção.

Você vai sentir saudades

Quando a amamentação acabar, você vai sentir saudades desse momento mágico entre mãe e filho! Ele cresce tão rápido que num piscar de olhos você não estará mais amamentando. Portanto, tente curtir cada minuto.

 

E para aquelas mamães que por qualquer motivo não conseguiram amamentar, não se sintam culpadas: o melhor que podemos dar aos nossos filhos é o nosso AMOR!

 

Compartilhe

Facebook Whatsapp Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ei, temos um plano gratuito para você!

Clique no link abaixo e comece agora.